13 de agosto de 2021

Projeto Participa IFMA inicia ações com a comunidade do Campus São João dos Patos

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) realizou na tarde da última sexta-feira (13) a abertura oficial do Projeto de Gestão Participativa – o Participa IFMA, no campus São João dos Patos, que é o primeira unidade a receber a equipe da Reitoria para realização da pactuação de demandas apresentadas a partir de consulta interna junto aos servidores e estudantes. O participa IFMA percorrerá todos os 29 campi do IFMA, a ação contempla em cada unidade as etapas de prospecção, pactuação, plano de ação, acompanhamento e feedback. A solenidade de abertura do Participa IFMA está disponível na íntegra no canal do IFMA no YouTube.

A solenidade de abertura do projeto no Campus São João dos Patos contou com a presença do reitor do IFMA, Carlos Cesar Teixeira Ferreira, o diretor-geral do IFMA Campus São João dos Patos, Renato Dárcio Noleto, do pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Rogério Teles, do pró-reitor de extensão, Carlos Alexandre Amaral, do pró-reitor de Ensino, Maron Gomes, e virtualmente, a pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Clarisse Medeiros, da pró-reitora de Administração, Lucimeire Amorim, da diretora de Desenvolvimento Institucional do campus, Sandra Maria Caminha e do diretor de Planejamento Diego Grosmann.

O diretor-geral do Campus, professor Renato Dárcio, destacou que é com satisfação que a unidade de São João dos Patos recebe a abertura do Participa IFMA “A tarde de hoje foi um momento de grande alegria, ocasião na qual foi possível uma discussão com a participação de todos os segmentos que integram o Campus São João dos Patos com a gestão da Reitoria do IFMA e na qual tivemos a oportunidade de pactuar importantes demandas para o crescimento do Campus”, disse.

Já o reitor do IFMA, Carlos Cesar Teixeira Ferreira, disse em seu discurso que “tudo o que fazemos, todos os nossos esforços são em prol dos nossos estudantes. Estamos lisonjeados em iniciar o projeto em São João dos Patos. O objetivo é fazer uma gestão transparente e com dialogada com a comunidade. Desde a campanha temo como metas reformulação de cursos, criação de novos cursos, criação de comitês de assessoramento O programa surge pra que a gente possa ancorar nesse dialogo com a comunidade, pactuações com feedback e estabelecimento de planos de ação. Após a discussão, vamos retornar a essa comunidade e dar o feedback das demandas, avanços e justificativas. Houve uma primeira etapa, que era a reunião interna com a comunidade e fazer a prospecção dos principais projetos a ser negociados e pactuados com a reitoria. Criamos um site do Participa IFMA para que tudo que for pactuado em todos os campi fique registrado. O limite máximo para darmos as respostas é de 12 meses”, destacou o reitor.

A consulta aos estudantes do campus aconteceu entre os dias 22 e 30 de abril, enquanto que a consulta aos servidores ocorreu no período de 14 à 30 de abril. Do segmento dos servidores, ficaram pactuadas as ações de criação da Usina Fotovoltaica em primeiro lugar, reforma da piscina em segundo lugar, e construção do poço artesiano em terceiro lugar. Já no segmento estudantil, ficou a reforma da piscina em primeiro lugar, adequação do ginásio para complexo esportivo em segundo lugar e construção do refeitório em terceiro lugar.

Participa IFMA

O Participa IFMA é um projeto de Gestão Participativa pensado para Gestão 2020-2024 do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) e tem como objetivo aproximar a gestão (Reitoria) das atividades cotidianas dos campi, objetivamente, atuando em colaboração com a Direção-Geral de cada campus, de forma a promover o trabalho em rede e uma gestão compartilhada e descentralizada para resolução de demandas. O projeto será executado em 5 etapas: prospecção, pactuação, plano de ação, acompanhamento e feedback.

Na prospecção, o diretor-geral realiza o levantamento de demandas junto aos servidores e estudantes. Na pactuação, o reitor e os pró-reitores se reúnem com os campi para pactuar as ações. No plano de ação, a PROPLADI insere as demandas no módulo de gestão participativa no SUAP. No acompanhamento, os gestores e servidores do campus acompanham a execução no módulo de gestão participativa e no site. E no feedback, o reitor e os pró-reitores se reúnem com o campus para dar um retorno das demandas pactuadas.

Todas as demandas que forem pactuadas com os campi poderão ser acompanhadas no site do projeto, que em breve será divulgado para toda comunidade.

Read More